Enquanto outros cômodos da casa recebem muita atenção na hora de decorar ou cuidar da iluminação, os banheiros são espaços que acabam ficando em segundo plano. Porém, você já deve ter se perguntado por que a sua amiga, às vezes, exagera no blush ou no corretivo, não é?

A culpada dessas gafes é, na verdade, a iluminação! Isso porque uma iluminação errada no banheiro pode gerar sombras, cores esquisitas e, assim, acabar com uma maquiagem sem que a pessoa perceba. No entanto, cuidados simples logo no início poupam incômodos mais para frente, já que banheiros normalmente são pequenos e cheios de atividades, que dependem de hábitos bem particulares de cada um.

Todo projeto simples de iluminação deve passar por estes três pontos: iluminação geral, iluminação de tarefa e iluminação de destaque.

Geral – Luz que você acende logo que entra em um espaço e dá uma visão ampla de cores, formas, distribuição do mobiliário, etc. Pode vir de um único ponto ou de vários, dependendo do tamanho do espaço.

É uma luz plana, sem sombras, que precisa ser complementada por outros tipos para a decoração ficar interessante.

Tarefa – Luz direcionada para fazer algo específico como ler, trabalhar, maquiar-se, cozinhar. Tem um foco dirigido de luz direta.

Sua posição é muito importante, pois não pode causar sombras ou reflexos que atrapalhem a tarefa.

Destaque – Decorativa, injeta personalidade. Direciona o olhar para o que é especial no ambiente: um quadro, uma escultura.

Enfatiza formas, cria volumes e dá efeito especial através do jogo de luz e sombra.

Importante >> Nunca use iluminação vinda de cima no espelho, que gera sombras no rosto e arruína a maquiagem.

O famoso modelo camarim, com luz em toda a volta é o ideal, mas não mais com aquela coisa quente e ofuscando o rosto. Ladeando o espelho, a iluminação de tarefa através de arandelas é também excelente para não criar sombras no rosto. LED ou fluorescentes devem ser suas escolhas de lâmpadas, pois não produzem calor. Ficar suando enquanto se maquia não dá, né?

Atenção, também, à iluminação que ficar à frente do espelho, como pendentes, por exemplo, para não gerar reflexo ou ofuscamento no caso de uma luz brilhante.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *